Carne embalada a vácuo ou carne fresca: qual escolher?

07/06/2021

Na hora de ir no açougue, muitas pessoas se perguntam: é melhor comprar carne fresca ou carne embalada a vácuo? Se você souber escolher, a carne a vácuo é provavelmente melhor que a carne frescas.

Na carne embalada a vácuo a falta de oxigênio faz com que a proliferação de micro-organismos seja reduzida. Isso torna o ambiente mais propício para que a carne fique fresca por mais tempo. Carnes embaladas a vácuo podem durar até 5 vezes mais que as carnes frescas.

Além disso as carnes embaladas a vácuo possuem informações mais detalhadas. Nessas embalagens é possível saber a data do abate, a subespécie do animal e o dia que a carne foi embrulhada.

O ideal é você escolher carnes que tenham sido embaladas há pelo menos dez dias. Isso significa que carne terá maior tempo de maturação e apresentará mais maciez e sabor. Outro aspecto a ser analisado é a quantidade de suco (ou sangue) da embalagem. Dê preferência para pacotes que possuem pouco ou nenhum líquido.

Quando o pacote possui muito líquido significa que a carne passou por variações de temperatura. Isso faz com que sua qualidade diminua.

Na hora de comprar a carne também é importante analisar se o plástico não possui nenhum furo e se a carne tem gordura no meio de suas fibras, a famosa gordura “marmoreia”.

Por que algumas pessoas evitam comprar carne embalada a vácuo?

A carne embalada a vácuo possui uma coloração mais escura e um cheiro um pouco mais forte após a abertura do pacote. Devido a estes fatores algumas pessoas acreditam que as carnes frescas, com um vermelho mais vivo, são melhores.

Essa mudança de coloração ocorre porque a carne vermelha tem uma composição denominada mioglobina. Ao entrar em contato com a ar, a mioglobina fica vermelha, proporcionando um aspecto mais atraente.

Com a remoção do oxigênio das carnes embaladas a vácuo, a mioglobina não fica em contato com o ar. Por isso a carne fica mais escura. Esse tom amarronzado é temporário. Depois que a embalagem é aberta, quando a carne entra em contato com o ar, a cor volta ao normal e o cheiro forte desaparece.

Outras dicas para comprar carnes

  • Sempre que for pegar uma embalagem fechada a vácuo, verifique se ela não tem bolhas de ar. Essas micro bolhas em quantidades mínimas é aceitável. No entanto, se a peça tiver bolhas de ar grandes, escolha outra.
  • Analise o ambiente em que a carne está exposta. As gôndolas devem estar sempre limpas e refrigeradas.
  • Analise bem a gordura. Cortes como a picanha, devem ter pelo menos 1 dedo de capa de gordura. Gordura com tons opacos e claros indicam que a peça veio de um boi mas jovem, e portanto, mais macio. Carnes com muita gordura podem ser animais mais velhos e carnes muito magras podem ser inferiores em sabor.