Chapada Diamantina

19/03/2021

Localizada no estado da Bahia, a 420km de Salvador, o Parque Nacional da Chapada Diamantina é um local simplesmente extraordinário. A região é famosa por atrair turistas do mundo inteiro devido às suas beleza naturais. O parque tem 1.520km², praticamente a mesma área da cidade de São Paulo. A diferença é que ao invés de pessoas, lojas, ruas e edifícios, a Chapada Diamantina tem cachoeiras, mirantes, cânions, morros, grutas, lagoas e uma flora exuberante.

A região ganhou seu nome devido a abundância de diamantes. A cidade que costuma ser a entrada do Parque, se chama Lençóis. Ela é a mais desenvolvida e estruturada da região, uma herança da época do garimpo. Lençóis, possui ótimas opções de hospedagem e excelentes serviços de gastronomia.

Lençóis está a menos de uma hora de alguns dos principais pontos turísticos da região, como o Poço Azul ou o Morro Pai Inácio. Inclusive, nossa dicas é viajar de carro para a Chapada Diamantina. Por mais que a viagem possa ser longa, é possível economizar muito nos passeios, já que as agências locais possuem preços salgados para os tours.

Mas afinal, o que tem na Chapada Diamantina?

A Chapada Diamantina é um destino sensacional para quem gosta de ecoturismo e aventura. A região oferece diversas atrações que podem ocupar o viajante por mais de um mês. O tédio passa longe dos turistas que se aventuram na região. Se não bastassem as belezas naturais, o destino ainda encanta com cidades históricas e um povo muito hospitaleiro. Esse é, sem dúvida, um dos lugares que você vai querer voltar depois de visitar.

Para começar a viver a Chapada Diamantina, a dica é ir para o Morro do Pai Inácio, localizado a 26km de Lençóis. Esse local é um dos principais ícones do parque e o cenário em cima da montanha é de se apaixonar. A subida do morro tem apenas 500m e a vista é simplesmente uma das mais belas da região. O melhor horário para subir o Morro do Pai Inácio é de tarde pois o pôr-do-sol é incrível.

Outro passeio obrigatório é ir até a Cachoeira da Fumaça, uma das maiores quedas d’água do Brasil. A trilha que leva até o topo da cachoeira tem 12km (ida e volta) e exige um pouco de fôlego, porém o passeio vale todo o esforço. Já Cachoeira do Buracão oferece uma experiência única para os viajantes. Para chegar até os pés da queda d’água é necessário nadar por dentro de um cânion estreio. Somente no final do trajeto você verá um majestoso salão formado por grandes paredões rochosos onde está uma queda de 85 metros que forma a Cachoeira do Buracão. Nos dias em que o volume da cascata não está muito forte, é possível ficar atrás da queda d’água. 

Falando em cachoeiras, se você adora essas quedas d’água, a Chapada Diamantina é o local ideal para suas próximas férias. O Parque Nacional possui cerca de 360 cachoeiras catalogadas e, facilmente, você encontrará uma quando estiver indo de uma atração para outra. Atreva-se a tomar banho e curtir sempre que puder.

Quando você cansar das trilhas e aventuras e quiser renovar as energias, a dica é aproveitar as piscininhas naturais no Serrano. Elas estão localizadas a apenas 10 minutos de Lençóis. A piscininhas são um conjunto de corredeiras onde há uma incontável formação de piscinas naturais com diferentes tamanhos, formas e profundidades.

Outro lugar que deve fazer parte de seu roteiro é o Poço Azul e o Poço Encantado. Os fachos de luz, em meio às fretas das grutas, dão áreas mágicos para o local. Esse fenômeno tem datas e horários para acontecer, por isso programe suas férias para que coincida com esses eventos.

Falando em grutas, a Chapada Diamantina está cheia delas. Há diversas formações geológicas, com cavernas que podem ser visitadas. Inclusive dá até para fazer rapel na Gruta do Lapão, bem pertinho de Lençóis.

Como você pode perceber, a Chapada Diamantina é repleta de atrações. Se você deseja viver dias incríveis junto à natureza, esse é o local ideal para suas férias.